Abril 20, 2021

Um mês após morte do pai, Marina Galvão diz: “Faltava pouco para vacina”

<p>Vítima da Covid-19, o ator Eduardo Galvão faleceu aos 58 anos de idade, em dezembro do ano passado</p> <p>O post <a rel="nofollow" href="https://footermidia.com.br/celebridades/um-mes-apos-morte-do-pai-marina-galvao-diz-faltava-pouco-para-vacina">Um mês após morte do pai, Marina Galvão diz: “Faltava pouco para vacina”</a> apareceu primeiro em <a rel="nofollow" href="https://footermidia.com.br/">Metrópoles</a>.</p>

Há um mês, a morte de Eduardo Galvão, em decorrência de complicações da Covid-19, surpreendia amigos e familiares. Trinta dias depois do ocorrido e com a proximidade da chegada da vacina contra o vírus ao Brasil, a filha do ator, Mariana Galvão, lamentou nas redes sociais a partida precoce do pai.

“Faltava tão pouquinho para a gente tomar a vacina e voltar a viver sem medo… Você tinha tantos momentos como esse ainda para viver”, escreveu a jovem na foto onde Eduardo aparece com a neta. A bebê é filha de Marina.

Eduardo Galvão brinca com a neta

A morte de Eduardo Galvão

Após uma semana internado com Covid-19 na UTI do Hospital Unimed Rio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, o ator Eduardo Galvão, de 58 anos, não resistiu à doença e faleceu, no dia 7 de dezembro de 2020.

O artista havia sido hospitalizado em 28 de novembro. Na ocasião, estava com 50% de comprometimento dos pulmões. O quadro de Eduardo piorou, e ele foi intubado na terça-feira (1º/12).


0

O post Um mês após morte do pai, Marina Galvão diz: “Faltava pouco para vacina” apareceu primeiro em Metrópoles.

You may have missed

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
11993455895