Abril 10, 2021

Isolado, Reino Unido teme desabastecimento no Natal

Rede de supermercados afirmou que podem faltar alimentos frescos, incluindo frutas e legumes

Comerciantes do Reino Unido alertaram nesta segunda-feira 21 para o risco do país sofrer desabastecimento antes do Natal.

Desde o último domingo 20, os britânicos estão praticamente isolados do restante do planeta, já que ao menos 30 países suspenderam as conexões devido a uma mutação do novo coronavírus.

No sul da Inglaterra, avisos alertam viajantes e motoristas de carga sobre o fechamento da fronteira com a França. O presidente francês Emmanuel Macron anunciou a suspensão das ligações terrestres, marítimas e aéreas com o país durante 48 horas.

A rede de supermercados Sainsbury’s advertiu que se a interrupção prosseguir, haverá falta de alimentos frescos como frutas cítricas, alface e couve-flor.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o primeiro-ministro Boris Johnson garantiu que os bloqueios “afetam apenas a carga transportada por humanos”. E que a maior parte dos contêineres viajam sozinhos de navio.  “Apenas 20% do total que vem ou vai para o continente europeu”, disse.

De acordo com Johnson, a maioria dos alimentos, remédios e outros suprimentos continuam a sair normalmente.

“Acabei de falar com o presidente Emmanuel Macron e queremos resolver esses problemas o mais rápido possível”, afirmou.

Continua após a publicidade

You may have missed

5 min read
5 min read
2 min read
Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
11993455895