Junho 25, 2021

Correspondente da Globo diz ter sido expulsa da Casa Branca

Na madrugada desta sexta-feira, 6, a repórter Raquel Krähenbühl foi expulsa da Casa Branca, nos Estados Unidos. Ela é correspondente da Globo em Washington e está de plantão na porta da casa oficial de Donald Trump já faz dois dias.

Na madrugada desta sexta-feira, 6, a repórter da Globo, Raquel Krähenbühl, foi expulsa da Casa Branca, nos Estados Unidos. Ela é correspondente da Globo em Washington e está de plantão na porta da casa oficial de Donald Trump já faz dois dias, desde o início das apurações dos votos da eleição presidencial norte-americana.

Correspondente da Globo diz ter sido expulsa da Casa Branca

“Sim, fecharam a Casa Branca. E sim, nos expulsaram (isso é normal, mas não em meio a contagem de votos da eleição). Próximo vivo vai ser na rua, na frente da cerca que protege o perímetro”, escreveu a no Twitter.

Ela participou do Jornal da Globo na madrugada, em um cenário diferente de suas entradas anteriores. O enxotamento da Casa Branca, no entanto, não foi falado pela jornalista.

Raquel ainda disse houve interrupção do discurso do presidente norte-americano por parte de algumas emissoras de TV, que corrigiram várias informações mentirosas que ele prestou em seu último pronunciamento.

“As principais TVs dos EUA cortaram o discurso do presidente para corrigir Donald Trump. E além das TVs, Renata, hoje também o Twitter novamente advertiu o presidente. Depois de uma postagem dele dizendo que todos os votos que chegaram depois da eleição não serão contados. E também dizendo que ele vai contestar legalmente, na Justiça, todos os Estados em que Joe Biden venceu”, disse a correspondente à âncora Renata Lo Prete.

Veja também: Eleição nos EUA: ‘A esperança é a última que morre’, diz Bolsonaro

Veja também: Bolsonaro não irá reconhecer vitória de Biden se Trump acionar Justiça

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
11993455895